Açaí é apontado como possível aliado no tratamento de distúrbio bipolar

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Açaí é apontado como possível aliado no tratamento de distúrbio bipolar

Imagem/foto

Os benefícios do açaí vêm sendo explorados nos últimos anos. Por ser rico em proteínas, fibras, lipídios, vitaminas e minerais, o fruto tipicamente brasileiro já foi assinalado como importante para prevenção de doenças como colesterol alto, aterosclerose e até mesmo câncer, além de impulsionar o sistema imunológico de forma geral. Um estudo recém-publicado foi além e definiu o açaí como uma nova esperança para o tratamento de doenças neuropsiquiátricas.
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
O mundo inteiro surtado por conta desse ransomware e eu só fiquei sabendo porque alguém comentou em um grupo que eu participo. O chato de usar GNU/Linux é isso. A gente fica de fora desses eventos mundiais...  ;-)
Belo Horizonte... Belos horizontes, para a KDE, no LaKademy 2017

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Publicando um pouco atrasado, mas não podia deixar de comentar como foi a experiência de participar de mais um LaKademy, especialmente por ter sido aqui em BH. Não sabe o que é o LaKademy? Dá uma olhada nessa publicação que eu fiz por conta do início das atividades.

Bom, se antes estava na expectativa de como seria o evento, nesse momento eu só tenho satisfação. Foram quatro dias de trabalho intenso, mas que valeram a pena. O evento foi muito produtivo e tudo funcionou dentro do esperado.

Imagem/foto

Um feriado prolongado inteiro trabalhando, enfurnado em uma sala do CEFET... E sem ganhar nada por isso... É assim que o software livre funciona, meu amigo. Ou você acha que ele dá em árvore? ;-)


Como na edição anterior, foquei na parte de tradução e de promo. E nesse ano demos um salto importante em ambas as áreas. Em relação à tradução, desde o ano passado estávamos com a ideia de adotarmos o http://vp-br.herokuapp.com/"" target="_blank" rel="nofollow noopener" >Vocabulário Padrão (VP) como referência para nossas traduções, bem como migrar sua página para dentro da infra da KDE. E acabamos decidindo migrá-lo para o Drupal, que é o CMS utilizado pela KDE para a hospedagem das suas páginas. Mas tínhamos um desafio que era o de transportar todos os vocábulos já cadastrados no VP para o Drupal, caso contrário teríamos que digitar tudo novamente. Pra se ter uma ideia do tamanho desse problema, são mais de 15.600 (!!!) vocábulos atualmente... Mas depois de muito bater cabeça com testes de módulos para o Drupal (e uma atenção primorosa da equipe técnica responsável por esse CMS na KDE), conseguimos finalmente colocar o VP no ar. Ainda estou trabalhando em alguns detalhes relativos à sua visualização e formas de interação, mas o resultado atual já pode ser visto aqui.

Imagem/foto
O novo Vocabulário Padrão em seu estágio inicial de configuração.


E aproveitando que estávamos mexendo nos módulos para colocar o VP no ar, resolvi dar uma geral na parte digital da KDE Brasil. Em primeiro lugar, junto com o Filipe Saraiva, reativamos o agregador de blogs da nossa comunidade. Antigamente esse agregador funcionava à parte em um Planet, mas ele foi desativado. E uma vez que era a partir dele que as mídias sociais da KDE Brasil era alimentadas, isso virou um problema. Com isso, resolvemos reativar o agregador, mas, dessa vez, também dentro do Drupal da KDE Brasil. E agora isso também está funcionando. Dessa forma, é possível acompanhar, em um único lugar, toda a publicação em português de quem contribui com a KDE.

Em segundo lugar, resolvemos pensar o sítio web como um todo. Pra isso estou trabalhando na reestruturação dos menus e estamos produzindo novos conteúdos e adequando os antigos para essa nova estrutura. Então, em breve (eu espero) o nosso sítio terá novas informações e uma nova estrutura. E com a entrada da Ângela Cunha, que trabalha com design, e do Farid Abdelnour, que está envolvido diretamente no desenvolvimento do Kdenlive, e também tem experiência com a parte gráfica, quem sabe não temos também uma alteração mais significativa em nosso visual?  ;-)

Por fim, trabalhei junto à Aracele, Bianca e Camila na revisão tradução para o inglês do sítio do LaKademy. Agora só falta conseguirmos uma alma caridosa pra fazer a tradução pro espanhol.  :-)

Foram tiradas <strong>muitas</strong> fotos ao longo do evento. Então, quem quiser ter uma ideia de como funcionavam nossos trabalhos, é só acessar a galeria de fotos do LaKademy 2017 no Flickr. Rolou até um GIF animado amador...  ;-)

Imagem/foto


E claro que também tivemos a tradicional foto oficial do evento:

Imagem/foto

Olha o povo bacana da KDE aí!


Agora é nos prepararmos pra trabalhar bastante, implementando tudo o que foi planejado. E já pensarmos no próximo LaKademy!
Alexandre Hannud Abdo
  
Imagem/foto
Paulo Francisco Slomp
 
KDE Community https://play.google.com/store/apps/dev?id=4758894585905287660

Sinto falta desses apps no f-droid...
Fred
  última edição: Tue, 16 May 2017 07:31:29 -0300  
KDE Community  https://play.google.com/store/apps/dev?id=4758894585905287660

Sinto falta desses apps no f-droid...


O KDE Connect tem: https://f-droid.org/repository/browse/?fdfilter=kde&fdid=org.kde.kdeconnect_tp

O Minuet está em fase de preparação. Os outros eu não sei.

Mas qualquer um pode colocar o software no F-Droid. Não precisa ser o desenvolvedor original. O lance é seguir as regras do repositório e se comprometer a mantê-lo lá. Ou então entrar em contato com os desenvolvedores e pedir pra eles fazerem isso. Eu nem sabia que tinha esse tanto de aplicação da KDE na Play Store. Tem muito tempo que não fico procurando por coisas lá.  ;-)
LaKademy 2017 começando!

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
E vamos lá pra mais um LaKademy (meu segundo)! E dessa vez tive o prazer de conseguir trabalhar na organização para trazê-lo para a minha cidade, Belo Horizonte.  \o/   Pra quem não tem ideia do que seja o LaKademy, temos um sítio web (ainda em fase de finalização). E uma publicação com mais detalhamentos sobre o evento desse ano no sítio do KDE-BR.

Estamos aqui no Campus I do CEFET-MG para mais um encontro de muito trabalho, mas também muito prazer, Novamente estarei trabalhando na parte de tradução e promoção e vou tentar puxar alguma coisa de ambiente desktop aqui. Vamos ver no que dá.

Infelizmente o primeiro dia do evento coincidiu com o dia da greve geral, o que nos deixou incomodados. Mas a logística pra trazer pessoas de vários lugares do Brasil e as limitações orçamentárias tornariam inviáveis qualquer alteração na programação do evento, que já estava planejado desde o final do ano passado. Mas estamos aqui com nossos adesivos e nossa solidariedade ao movimento!

E vamos que vamos!
Como instalar a versão desktop do Telegram no GNU/Linux

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Algumas pessoas que eu conheço usam o cliente do Telegram no GNU/Linux, mas sempre surge alguma dúvida de como instalá-lo. Apresento aqui uma descrição de como eu faço na Debian, de uma forma que não precisa de senha de root nem sudo. Dessa forma é possível utilizá-lo em qualquer computador.

  • Crie um diretório bin no seu diretório home:
    mkdir ~/bin
  • Verifique se existem as linhas abaixo no arquivo .profile que está dentro do seu home (normalmente elas vẽm por padrão em instalações Debian). Caso elas não estejam lá, acrescente-as.
    if [ -d "$HOME/bin" ] ; then
        PATH="$HOME/bin:$PATH"
    fi
  • Baixe a versão mais recente do Telegram a partir dessa página: https://desktop.telegram.org/ . Para esse exemplo, vamos salvar o arquivo no diretório /tmp. Você também pode já abri-lo diretamente com o programa de descompactação, caso queira.
  • Descompacte-a no diretório ~/bin criado anteriormente. Ele vai criar um diretório Telegram lá. Utilizando a instrução anterior como exemplo, o arquivo estará salvo no diretório /tmp e pode ser descompactado com a sequência de comandos abaixo (pode ser que o nome do arquivo seja diferente quando você fizer o download):
    cd ~/bin
    tar xvf /tmp/tsetup.1.0.29.tar.xz
  • Ainda no diretório ~/bin, crie o link simbólico para o executável do Telegram:
    ln -s Telegram/Telegram telegram
  • E pronto. Agora você já pode digitar telegram, no gerenciador de arquivos, no terminal ou no lançador de aplicações (acessível pelo Alt-F2) para abrir o programa. Ou pode criar um atalho para ele.
giac hellvecio
  
eu  uso o plugin do firefox ;-)
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
@Hubzilla Support Forum+

Hi people,

Is there any problem with "Set Affinity" option on connections? I'm cleaning up my connections and noticed that this setting is messed up in many of them (the slide is on left of "Family" when they're supposed to be "All"). And I can't alter it too.

Is anybody else having this problem too?
Fred
  
Oddly, when I click on hamburger menu between arrows, right from "Connection Tools", and select Affinity, them it works correctly. Is this the right way to do this? If so, why do we have a "Submit" button below "Set Affinity"?
Mario Vavti
  
I just did a short test and it works for me. The sandwich menu between arrows is just to select a section to be open by default while zapping connections with the arrows...
Como instalar o programa para declaração de imposto de renda no GNU/Linux, usando OpenJDK

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Se você, como eu, usa o OpenJDK ao invés do Java da Oracle, então teve problema na hora de instalar a versão 2017 do programa de declaração de Imposto de Renda disponível para o GNU/Linux (LINUX (BIN 32 BITS) ou LINUX (BIN 64 BITS), dependendo da arquitetura do seu sistema). O problema ocorre porque, no momento da instalação, o programa procura, exclusivamente, pelo Java da Oracle, mesmo o programa funcionando perfeitamente bem com o OpenJDK (que bola fora, hein, Receita Federal?).

Mas é relativamente simples resolver o problema. Basta baixar a versão SOLARIS/ OUTROS (jar) do instalador, disponível na mesma página de download. Após baixar o arquivo, execute-o com o comando:

java -jar IRPF2017v1.1.jar

Ao final dos procedimentos, o programa estará instalado. Entretanto, ele não instala as entradas no menu do sistema. Por isso, você tem que abri-lo indo até o diretório de instalação (por padrão ~/ProgramasRFB/IRPF2017) e digitando o comando:

java -jar irpf.jar

(ou você pode adicioná-lo manualmente ao menu também).  ;-)
giac hellvecio
  
nunca confiei muito nesse software p linux oferecido por eles, sempre pensei em encontrar algum tipo de problema  ..e vc acaba de  confirmar isso, olha só.
Fred
  
Funcionava bem até o ano passado. Esse ano que começou essa encrenca...
Ah essas aranhas e suas genialidades... ;-)

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
atom jackatom jack escreveu a seguinte publicação Tue, 17 Jan 2017 09:03:12 -0200
Spiders ‘Tune’ Their Webs Like Guitar Strings...
Imagem/foto

Researchers from the UK and Spain have shown that spiders are capable of tuning their webs, allowing these eight-legged critters to receive specific information about their environment, including the presence of prey, potential mates, and the structural condition of the web.

Similar to the strings of a finely tuned instrument, each strand of spider silk transmits vibrations across a wide range of frequencies, which propagates throughout the web. This allows spiders, who don't see very well, to sense the integrity of their webs, and to detect the presence of prey and mates.

Scientist have known about this for years, but they weren't entirely sure about the precise characteristics of these vibrations, or if spiders had any control over this cool architectural feature. To learn more, researchers from Oxford University and Universidad Carlos III de Madrid explored the links between the material properties of spider webs and how vibrations propagate through the silken strands. Their study, which now appears in the Journal of the Royal Society Interface, demonstrates that spiders can in fact tune their webs to transmit specific messages.

Imagem/foto

Using high-powered lasers to measure the ultra-small vibrations, the researchers isolated three particular web features that allow spiders to turn their traps into data transmitters: web tension, silk stiffness, and overall web architecture. Importantly, spiders are able to manipulate all three of these characteristics.

For example, both transverse waves, i.e. waves that vibrate at right angles to the direction of its spread, and longitudinal waves, i.e. waves that vibrate in the direction of propagation, can be adjusted, or tuned, by the spider when it adjusts the web's tension and the stiffness of the web's outer rim and spokes, known as the dragline. In fact, spider webs are so customizable, the researchers hypothesize that specific features of silk evolved for this very purpose.

"[We] propose that dragline silk [features] may have evolved as a control mechanism for these multifunctional fibres," write the authors in their study. "The various degrees of active influence on web engineering reveals the extraordinary ability of spiders to shape the physical properties of their self-made materials and architectures to affect biological [i.e. data transmission] functionality."

Imagem/foto

So when a spider builds its web, it's not just constructing a trap and blindly hoping its design will lend itself well to the propagation of specific vibrations. Rather, the spider is working like a diligent engineer, building a stable web that performs its primary trapping function, while also optimizing the web's ability to relay critical information. It's essentially constructing—and then fine-tuning—its web to be a multi-function device.

At the same time, the spider has to constantly balance trade-offs between the structural integrity of the web and the web's ability to transmit signals at specific frequencies.

Wow. Spiders are truly amazing.

[+]

#spiders #tuning #web
Manuel
  
Fascinating!
Paulo Henrique de Lima Santana
 
Legal.
E se alguns animais tivessem olhos frontais ao invés de laterais?

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
atom jackatom jack escreveu a seguinte publicação Mon, 16 Jan 2017 20:59:44 -0200
eyes front...
What animals would look like if they had eyes at the front

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

Imagem/foto

[+]

#eyes #front #animals
Alexandre Hannud Abdo
  
Imagem/foto
Alexandre Hannud Abdo
  
A girafa é bem simpática :)
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
atom jackatom jack escreveu a seguinte publicação Mon, 19 Dec 2016 23:56:36 -0200
monster problems...

Imagem/foto



Imagem/foto



#monsters #problems
Manuel
  
Imagem/foto
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
atom jackatom jack escreveu a seguinte publicação Mon, 19 Dec 2016 21:47:17 -0200
the vaults...
Imagem/foto



A presentation of entomology specimens arranged within one aisle of the Entomology Department compactor collection cabinets at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History. Designed to illustrate the size and scope of the Entomology collection. May 9, 2006. Featured researchers: Dr. David Furth, Collections Manager; Dr. Ted Schultz, Research Entomologist; Dr. Jonathan Coddington, Senior Scientist; Patricia Gentili-Poole, Museum Technician.

Imagem/foto

The Botany Department Herbarium at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History, displaying algae specimens, including coraline algae, wet specimens and the usual herbarium sheets. Featured researchers: Dr. James Norris (right, front), his research assistant Bob Sims (left, front), and associate researcher, Katie Norris (left, back).

Imagem/foto

Botanical collections are displayed at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History. Botany staff present are Dr. David Bruce Lellinger (left, front), Carol Kellof (right, middle), and Rusty Russell (left, back).)

Imagem/foto

A view of one part of the Paleontology collection in the Smithsonian Institution's National Musuem of Natural History, arranged by the addition of representative specimens from other parts of the three floors of fossils in the East Wing. Staff: Dr. Scott Wing, Chairman of the Department of Paleontology.

Imagem/foto

Whale skeletons from the Department of Vertebrate Zoology's marine mammals collections are displayed in storage at the Smithsonian Institution's Museum Support Center (MSC), located in Suitland, Maryland.

Imagem/foto

Anthropological collections on display in Pod 4 (designed to house oversized objects) at the Smithsonian Institution's Museum Support Center (MSC), located in Suitland, Maryland. Anthropology collections staff present. Panoramic image #7 of 7 at 26mm focal length.

Imagem/foto



An assortment of mineral specimens from the Department of Mineral Sciences' collections are displayed in the storage vault known as the "Blue Room," at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History. Mineral Sciences staff present are (left) Paul Pohwat, Collections Manager of Minerals, and (right) Russell Feather, Collections Manager of Gems.

Imagem/foto



_Collections from the Department of Invertebrate Zoology are displayed at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History. Invertebrate Zoology Staff present: Paul Greenhall, Robert Hershler, Ellen Strong, Jerry Harasewych, and Linda Cole.

Imagem/foto

Mice from the Department of Vertebrate Zoology's mammals collections are displayed at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History._

Imagem/foto

The Department of Vertebrate Zoology's wet collections of fish specimens preserved in alcohol, located at the Smithsonian Institution's National Museum of Natural History.Imagem/foto

Anthropological collections are displayed in Pod 1 at the Smithsonian Institution's Museum Support Center in Suitland, Maryland.


[+]

#nationalmuseumofnaturalhistory #museum #dc #vaults
Mais uma edição da Mostra Animal em BH

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Teremos em Belo Horizonte, pelo segundo ano a edição itinerante da Mostra Internacional de Cinema pelos Animais. Trata-se da exibição de filmes com temáticas ligadas aos direitos animais e relações entre animais humanos e não-humanos. A do ano passado foi show e a desse ano também promete. Será um fim de semana (8 e 9 de outubro) de programação, começando às 17h e encerrando por volta das 22h. Todas as exibições são gratuitas e sempre rola um bate-papo de encerramento em cada dia (além de maravilhosos lanches veg(etari)anos. Vale a pena demais!

Abaixo o link para o sítio oficial, com a programação completa.

Mostra Internacional de Cinema pelos Animais

Imagem/foto

A Mostra Animal traz aos amantes da sétima arte as diversas faces da relação entre humanos e não-humanos em todos os seus aspectos, sejam eles de cooperação ou de exploração, bem como os impactos socioambientais que essa interação pode trazer.
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Feliz cumpleaños @Manuel Jiménez Friaza !!!   <img class=" />
Manuel
  
Thanks Mike! I walk into the 60s, I think I'm the grandfather of Hubzilla :-)
Mike Macgirvin
  
Kids.
Jim  Lamentino
  
:beer tanti  auguri Manuel ;-)
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Quando você acha que a Folha de S.Paulo chegou ao fundo do poço jornalístico, ela saca uma matéria falando do vestido da 1ª dama golpista... no caderno de política!!!

É... A verba de publicidade do governo federal pra Folha deve estar rolando desembolado mesmo...

nao.usem.xyz | Caderno de política da Folha fazendo análise de moda agora...

Imagem/foto


URL original: - Capturada em: 08/09/2016 08h08...
20 anos do KDE com dois presentes maravilhosos

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
O projeto KDE faz 20 anos no dia 14 de outubro. E como parte das comemorações, foi produzido um livro digital (de distribuição gratuita) e uma bela linha do tempo (criada pela genial Aracele Torres).

Mais informações sobre o livro no blog do KDE-Brasil.

            Lançado o livro "20 Years of KDE"! | KDE Brasil        

Imagem/foto

SEP 5 2016 Enviado por camilaraw Para todos os gearheads desse mundo, a ocasião do Aniversário de 20 anos KDE traz consigo a tradicional, mas ainda não convencional, fatia do nosso bolo virtual -  nosso novo livro chamado “'20 Years of KDE: Past, Present and Future” (20 Anos de KDE: Passado, Presente e Futuro) vem como a cereja do bolo.Com ...
giac hellvecio
  
...o problema de usar apenas UM durante um grande período de tempo e exatamente aquele de perder o que está acontecendo de bonito, o que está melhorando etc. nos outros que vc não está usando.
E isso não é bom a meu ver.
  
Concordo giac, acho que é isso mesmo. Misturar as GTK e QT, se bem que eu sempre misturo por causa do "okular". Mas aqui tudo tranquilo.
Jim  Lamentino
  última edição: Mon, 17 Oct 2016 13:44:17 -0200  
agora que o Mate atualizou e voltou a não ter problemas, comecei de novo a usar ele, gosto da sua simplicidade e ao mesmo tempo do visual que proporciona, simples mas ao mesmo tempo concreto, completo e ..para a família inteira usar.
Download gratuito do e-book "Por que gritamos golpe?"

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Povo, até a meia-noite de domingo (04/09/16) está liberado o download gratuito do e-book "Por que gritamos golpe?" que reúne um conjunto de ensaios descrevendo esse momento tão triste da história do nosso país.

Abaixo os links para download em todas as livrarias onde ele está disponível:

- Amazon — http://bit.ly/golpeamazon
- Kobo — http://bit.ly/golpekobo
- Google Play — http://bit.ly/golpegplay
- Livraria Cultura — http://bit.ly/golpeelc
- Livraria Saraiva — http://bit.ly/golpeesaraiva
- Livraria da Folha — http://bit.ly/2cfcu2g
- Livraria da Travessa — http://bit.ly/2cfbfQu
Hipócritas... Hipócritas... Hipócritas...

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Bela e contundente fala da senadora Gleise, na sessão de votação que aprovou o processo de impeachment contra a Presidenta Dilma.

Gleisi: vamos ter coragem e convocar eleições gerais neste país

Imagem/foto

RadioAgência Senado09/08/2016, 20h46 - ATUALIZADO EM 09/08/2016 - 20h51...
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Imagem/foto
Jim  Lamentino
  
:facepalm
Do primeiro LaKademy a gente nunca se esquece

Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil 
Imagem/fotoNesse ano eu tive o prazer e a honra de ser convidado para participar do meu primeiro LaKademy. Pra quem não conhece, essa é a conferência de usuários e colaboradores do KDE na América Latina. O evento desse ano aconteceu no Rio de Janeiro, nas dependências da UNIRIO, que fica no belíssimo bairro da Urca, bem aos pés do bondinho do Pão de Açúcar. Pois é... E nem foi dessa vez que eu realizei meu desejo de andar nele...

Como (ainda) não tenho cacife pra ser desenvolvedor, participei em duas frentes no evento: tradução e promoção. Em relação ao primeiro tema, eu, a Aracele Torres e a Camila Moura trabalhamos junto discutindo como poderíamos aprimorar o processo de tradução do KDE. Resolvemos partir de uma revisão de todas as traduções disponíveis atualmente, tanto das interfaces quanto da documentação. Isso se deveu ao fato de que várias aplicações contém trechos que foram traduzidos há muito tempo e nunca foram revisados, alguns, inclusive, anteriores ao último acordo ortográfico da língua portuguesa (de 2009). Outro objetivo dessa revisão é gerar uma memória de tradução atualizada e confiável, que será disponibilizada publicamente ao final do trabalho.

Imagem/foto

Imagem/foto


Ainda em relação a esse tema, discutimos a manutenção de um glossário de termos, com o objetivo de dar consistência às traduções. É comum, por exemplo, encontrarmos termos que são traduzidos de formas diferentes, às vezes dentro do próprio programa. Nesse ponto tivemos uma feliz surpresa. Após definirmos que usaríamos o Vocabulário Padrão (também conhecido como VP) como referência, descobrimos que o criador da versão atual é o Fernando Boaglio, coordenador da equipe de tradução do KDE para o Português do Brasil. Isso simplificou bastante o trabalho, pois conseguimos acesso ao termos atualmente vigentes no sítio do VP, bem como ao código-fonte da aplicação onde ele roda. Teremos como trabalho agora normatizar esses termos para que eles possam ser livremente utilizados e planejamos uma ferramenta web que seja capaz não só de permitir a consulta aos termos, como também baixá-los na forma de um glossário, que poderá ser utilizado no Lokalize para futuras traduções. E a bola desse desenvolvimento nós passamos para o Henrique Sant'Anna (quem mandou ele ficar perto da gente?) ;-)

Já em relação à promoção do KDE, tivemos uma manhã intensa de discussões sobre o que fazer para melhorar o envolvimento das pessoas com o projeto e a sua divulgação. Entre as várias propostas, um dos consensos foi o de termos uma participação mais ativa não só nos grande eventos, como o FISL e o Latinoware, mas também em pequenos eventos locais e no FLISoL. E teremos também nesse ano as comemorações do aniversário de 20 anos do KDE, com propostas de atividades especiais, entre elas a produção de um vídeo sobre o projeto. Ah, e já fechamos a cidade do LaKademy 2017: Belo Horizonte! Inclusive com um local definido (e já confirmado): será nas dependências do campus I  do CEFET-MG, no bairro Nova Suiça. O local já está confirmado, agora é trabalhar na organização do evento.  \o/

Bom, como comentário final, eu adorei o evento! Foram dias frenéticos em que chegávamos por volta das 9:30h e nunca saíamos antes das 20:00h. E o clima era tão bom que nem percebíamos as horas passando. Além disso, foi uma oportunidade ímpar não só de poder colaborar mais diretamente com as pessoas envolvidas no projeto, mas também de podermos planejar os futuros procedimentos de localização do KDE. Com isso, podemos tentar garantir consistência e qualidade nas traduções, o que me deixou bastante animado com a perspectiva. E claro, é sempre um prazer enorme reencontrar meus bons amigos e amigas do KDE, especialmente depois de tanto tempo longe.  ;-)   E que venha logo o LaKademy 2017, porque já estou com saudades do povo!!!

Imagem/foto
giac hellvecio
  
sinceramente não simpatizo muito com essas comunidades #foss que usam redes não foss para se comunicar sempre ou a maioria das vezes.....
Fred
 Belo Horizonte - MG - Brazil (Map) 
Falar do golpe, em um programa da Globo, não tem preço:


https://twitter.com/gusthpa/status/738627946936700928
by Gustavo Henrique on Twitter
Jim  Lamentino
  
O próprio OpenId já foi praticamente substituído pelo facebook/google/twitter, tanto é que hoje para comentar ( falando do assunto que vc e yzac .........) vc precisa ter não mais um openID qualquer ( como era antes) mas só um facetwittergoogle da vida...e porque isso aconteceu?!?

Porque ninguém na verdade, o quase ninguém, tenta cortar o bicho pela cabeça....

Do que adianta o OpenID do hubzilla ( sim pq  o nosso ID do hubzilla também  Ã© valido na teoria) se o 'opencoiso' não é mais usado?

para onde iremos acabar com esse sistema de monopólios?
Fred
  
O que mais tem me incomodado ultimamente é que os blogs estão trocando seus recursos de comentários pelo widget de comentários do Facebook. Nesses casos, o que eu tenho feito é enviar uma mensagem pros caras pra aconselhar a não fazer isso. Um exemplo emblemático é o do Catarse, onde a única forma de se comunicar com os criadores dos projetos é via esse widget maldito. Mandei uma mensagem pros caras pedindo uma solução e aconselhando a usar algo diferente e qual foi a resposta? "Atualmente a única forma de contato é através do widget de comentários do Facebook".  Nem ao menos se deram ao trabalho de falar que iriam estudar uma alternativa. Aí é foda, né?
Jim  Lamentino
  
então:
Catarse, Vai Se CATAR!